Sobre o feminismo

foto

Fonte: Google

O que eu mais vejo nas redes sociais e até mesmo no dia a dia são pessoas falando mal do feminismo, dizendo que são contra o feminismo porque gostam de se depilar, porque gostam de homens, por causa disso e aquilo. Não faço questão de expor todos os argumentos que essas pessoas usam até porque não quero diminuir a qualidade do meu post expondo esses argumentos sem fundamentos. Meu objetivo aqui é esclarecer o que muitas pessoas têm dificuldade de entender ou nem se dão o trabalho de pesquisar antes de tentar argumentar (sim, tentar, porque como eu mencionei, para argumentar são necessários motivos de cunho válido), que é o que é feminismo. O feminismo é o nome dado ao movimento feminino que luta pela equidade dos gêneros, ou seja, luta pela igualdade social, econômica e política entre mulheres e homens. “Nossa, e não possuímos já essa igualdade ?”, não meu amor, olhe a sua volta, analise os partidos políticos e diga se há um equilíbrio entre a quantidade de homens e mulheres presentes neles. Até o partido que se dizia das mulheres brasileiras (PMB) era constituído na sua maioria por homens, além disso ele defendia a ideia de que as mulheres devem continuar sendo o centro aglutinador da família (ou seja, o partido era antifeminista). Você acha que devemos permanecer apenas como seres procriadores, que devem ficar em casa para cuidar das crias e deixar tudo limpo e arrumado ? Sem direito a estudar, trabalhar e receber o mesmo que os homens ? Miga, se toca fofa. Você tem que ter a liberdade pra escolher o que quer da sua vida e não deixar que os outros decidam por você. Como a Tati quebra barraco disse, você pode ser feminista e ser dona de casa, já que a luta do feminismo é pela liberdade de escolha da mulher, que ela possa fazer o que ela quiser e que o homem entenda isso, respeite e veja que o que antes era só obrigação da mulher, na verdade é obrigação dos dois (como cuidar dos filhos e da casa). Por ser um movimento que visa libertar a sociedade de um preconceito (o machismo nesse caso), as feministas acabam abordando também outros movimentos que lutam contra preconceitos, como o movimento LGBT, o movimento negro, os padrões de beleza sociais. Isso significa que toda feminista é a favor desses outros movimentos ? Infelizmente não. Para lutar pelo fim da homofobia só precisa apoiar a causa, assim como para lutar pelo fim do racismo não é preciso ser negro, só apoiar a causa, na lutar pelo fim dos padrões de beleza também, ao apoiar a causa não significa que você não se depila ou que não está inclusa nesses padrões, isso significa que você respeita o outro e a liberdade de escolha de cada um. Mas isso é assunto para outro post, se não vou ficar aqui falando eternamente das causas que eu defendo (não que eu não vá escrever outros posts falando sobre elas, hahaha).

 

~> Espero que o post tenha sido esclarecedor e que aflore a curiosidade de quem ainda não conhece muito o feminismo para buscar mais e mais coisas sobre ele e as correntes que algumas feministas, assim como eu, defendem :*.

 

 

 

Anúncios

Um comentário sobre “Sobre o feminismo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s